Rizzo indo para o Pride?

Retirado do Fightzone.tv

Rizzo Determinado a Detonar no Pride!

Pedro Rizzo é, sem dúvida, uma encrenca para qualquer lutador. E o melhor de tudo: ele está determinado a participar do Pride neste ano que se inicia. Há um bom tempo afastado (e sem contrato) do Ultimate Fighting Championship, a fera do Ruas Vale-Tudo se vê envolvido em negociações para fazer a estréia no maior evento de vale-tudo do mundo.

Tudo bem que Rizzo deixou a desejar em algumas lutas no UFC - principalmente quando enfrentou Randy Couture, um mestre que sabe combinar muito bem o seu estilo com as condições do Ultimate (regras e octógono) -, porém no ringue do Pride, e com a cabeça em dia, o aluno favorito de Marco Ruas (e o melhor também!) vai ser um "osso duro de roer" para qualquer um. Na verdade, eu iria até mais longe: lutando em um ringue, e com as regras do Pride, Pedro dificilmente perde para alguém, Emelianenko Fedor incluído. Pensem bem: se for para o chão, Pedro não só agüenta muita porrada, como tem tudo para voltar logo a luta em pé. E, em pé, não tem pro Fedor! Ele que se arrisque a trocar com o brasileiro... tudo bem que na trocação tudo pode acontecer, mas eu não consigo imaginar o russo levando a melhor contra Rizzo na trocação pura. Vocês conseguem?

No Ultimate, apesar das derrotas, Pedro pôde mostrar todas as suas qualidades como trocador, nocauteando outros ótimos strikers: Josh Barnett, Tra Telligman (que vem se aventurando no boxe profissional, e tem atualmente um cartel com 6 lutas, 4 vitórias e 2 derrotas) e Andrei Arlovski, um dos melhores trocadores do UFC hoje em dia. E quando eu digo qualidades, podem botar nessa conta a capacidade de absorção de golpes do carioca, algo muito importante para o vale-tudo. Afinal, não basta saber bater, tem que saber apanhar também...

Como se não bastasse todas as qualidades como striker, Pedro vem treinando arduamente wrestling com Beto Leitão Filho, e chão com André Pederneiras, comprovadamente dois dos melhores treinadores de vale-tudo do mundo.

Enfim, a expectativa é alta, e tomara que o nosso querido "Pedrão" resolva logo a parte política para poder ingressar no Pride logo, logo. E detonar, é claro!

Meu sonho é ver Rizzo no Pride Grand-Prix de pesados do fim do ano. Sou capaz de apostar um dinheiro como ele vence esse parada...

5/1/2005 - 19:08:50
www.fightv.net

Essa notícia é uma das mais aguardadas por todos os fãs do Vale Tudo, imagina o Pedro no ringue trocando porrada com o CroCop....seria demais.

O cara da reportagem disse que o Pedro aguenta muita porrada(o que é verdade), mas um dos problemas dele é que ele se corta e sangra com uma certa facilidade.

E ele tem um sprawl muito bom e se estiver mesmo " treinando arduamente wrestling com Beto Leitão Filho, e chão com André Pederneiras" como o repórter disse o cara vai ficar imbatível.

Boa sorte ao cara que além de tudo sempre foi simpático e humilde nas suas entrevistas, e que essa notícia de confirme de uma vez por todas.

Prpearado,a cho que o Rizzo, assim como o Cro Cop, tem o jogo para derrotar o Fedor. Evitar o takedown e manter a luta em pé. E tem um detalhe à que poucos se atentaram, inclusive os estrategistas da equipe do Minotauro: o russo deixa sua perna muito exposta aos low-kicks, assim como o Igor Vovchanchin, e pelo que eu vi ele não tem noção de bloqueio. Portanto minar as pernas do Fedor pode ser o caminho da mina, e para um cara com o chute do Rizzo...

Um abraço